Hoje é 22 de Novembro de 2017
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Cursos na área comportamental contribuem para redução de rotatividade nas indústrias
Em: 08/11/2017 às 10:44h por Assessoria de Comunicação - Sistema Fiemt

Foto

Na hora de contratar todo empregador leva em conta as qualidades técnicas do candidato, porém nem sempre são por essas características que os colaboradores permanecem. No dia a dia, é o perfil comportamental que faz a diferença no mercado de trabalho e, para isso, diversas habilidades nesta área podem ser desenvolvidas, por meio dos cursos de Educação Continuada (ECO) do Serviço Social da Indústria (Sesi Rondonópolis).

Autoliderança, comunicação, aprendendo a conviver e respeitar as diferenças, feedback, relacionamento interpessoal no ambiente de trabalho, desenvolvimento de equipes, visão sistêmica e motivação estão entre os cursos ofertados pelo Sesi e que foram escolhidos pelo frigorífico Agra Agroindustrial, em Rondonópolis, para capacitar os colaboradores. Durante dois meses, mais de sete mil matrículas foram realizadas e 200 horas de cursos aplicados também nas áreas de gestão e de Saúde e Segurança no Trabalho.

De acordo com Germano Boher, gerente administrativo, a indústria decidiu preparar os colaboradores neste período de reconstrução após o incêndio na unidade de Rondonópolis. “Vamos aproveitar e preparar os funcionários para os desafios junto com a nova estrutura que está sendo montada. Continuamos vislumbrando mercados externos, que são muito exigentes, e isso exige mão de obra cada vez mais qualificada. Neste sentido, os cursos oferecidos pelo Sesi colaboram muito, já que não adianta só preparar as pessoas tecnicamente, elas também precisam compreender seus papéis e importância dentro do todo”, destaca.

O gestor destaca que o trabalho em equipe, a motivação própria e autoliderança são fundamentais para o mercado de trabalho. “Com os cursos podemos desenvolver essa parte comportamental, a postural profissional que os colaboradores têm que ter na produção, com os colegas, encarregados e subordinados. A expectativa é positiva após essa jornada de treinamento. Queremos voltar o mais rápido possível e já com foco em novos desafios. Por isso, sem a preparação de uma equipe coesa isso é inviável”, avalia.

Para Boher, os cursos contribuem diretamente para manter a qualidade do que é produzido, para a redução de custos e da rotatividade. “Mais que contribuir com a indústria, os cursos também representam uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos que podem ser usados na vida pessoal”, conclui.

O gerente do Sesi Rondonópolis, Sidiney Rossa, destaca que os cursos são opções para as indústrias que querem capacitar continuamente os colaboradores. “O resultado é a melhoria do clima organizacional e, ainda, o aumento da produtividade, com colaboradores cada vez mais engajados com a missão e valores da indústria”.

Imprimir   Enviar por e-mail  

Recomendar no Facebook

 

Sistema FIEMT / SESI-MT - Serviço Social da Indústria
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555