Hoje é 20 de Outubro de 2017
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Seminário de Saúde e Segurança reúne mais de mil participantes em 5 cidades de Mato Grosso
Em: 05/10/2017 às 14:01h por Assessoria de Comunicação - Sistema Fiemt

Foto

A 4ª edição do Protege – Seminário de Segurança e Saúde no Trabalho concluiu nesta quarta-feira (05/10), em Juína, o ciclo de palestras que percorreu cinco cidades de Mato Grosso. No total, mais de mil pessoas participaram do evento realizado também nas cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Cáceres pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-MT). O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) foi o tema central em todos os municípios.

Além de tirar dúvidas sobre a utilização do eSocial, sistema do governo federal previsto para ser operado a partir do ano que vem para envio de informações dos trabalhadores, os participantes do 4º Protege também receberam orientações sobre a gestão da informação para a tomada de decisões que resultem em aumento de lucratividade, redução do absenteísmo e do Fator Acidentário de Prevenção (FAP).

“Vim de Juara para saber mais sobre o FAP, o RAT (Risco Ambiental do Trabalho) e a nova fase do eSocial. Nós, gestores, temos sempre muito o que aprender, principalmente sobre os temas escolhidos para o Protege, que representam uma nova era para a área de Saúde e Segurança”, avalia o técnico de Segurança, Ademerson Xavier de Oliveira, que viajou 193 quilômetros para participar do Protege em Juína.

De acordo com o superintendente do Sesi, José Luiz Méa, o objetivo de orientar e atualizar empresários, profissionais da área de Saúde e Segurança no Trabalho foi alcançado. “Em cada cidade percebemos o interesse pelos temas, que geram dúvidas frequentes no dia a dia. E o trabalho do Sesi é justamente contribuir para que a indústria caminhe segura das decisões que impactam, especialmente, a saúde do trabalhador e a produtividade da empresa”, destaca.

Palestrantes

O Protege orientou e esclareceu dúvidas dos participantes por meio das palestras ministradas por cinco profissionais. São eles:

Kengiro Suezawa Camargo é bacharel em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado de Mato Grosso (UFMT), especialista em Engenharia de Segurança no Trabalho pela Universidade de Cuiabá (UNIC) e professor universitário de Graduação e Pós-graduação nas Instituições UFMT e UNIC.

Gabriela D’ávila Laurito é bacharel em enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), especialista em Saúde Ocupacional pela Universidade Católica de Goiás, consultora e assessora na área de Saúde Ocupacional do Sesi-MT.

Myrian Bueno Quirino tem graduação em Matemática e Ciências Contábeis pela PUC (SP), é especialista em Direito Previdenciário pela Escola Paulista de Direito (EPD) e consultora de empresas na área trabalhista/previdenciária e Perita Judicial.

Flora Maria Gomide Vezza é fisioterapeuta pela Universidade Federal de São Carlos, especialista em ergonomia pela USP e Cnam (Conservatoire National des Arts et Métiers), mestre em Engenharia de Produção pela USP, doutora em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da USP e tem experiência em fisioterapia em Saúde do Trabalhador, com ênfase em ergonomia.

Antônio Carlos de Oliveira Junior, que abordará o eSocial, é fisioterapeuta formado pelo Centro Universitário da Cidade – Rio de Janeiro, especialista em Ambiente Organizacional, Saúde e Ergonomia, responsável técnico e gestor de projetos de ergonomia do Serviço Social da Indústria (Sesi-MT), professor universitário do curso de Fisioterapia  e professor do curso de pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho no Centro Universitário de Várzea Grande.


Imprimir   Enviar por e-mail  

Recomendar no Facebook

 

Sistema FIEMT / SESI-MT - Serviço Social da Indústria
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555